By Janaina

Muitos gestores, me diversos momentos de suas carreiras, consideram ter um sócio para gerir o salão em parceria, mas a dúvida que não quer calar é: até que ponto vale a pena? É seguro? É interessante para o negócio? Hoje, o Gestores da Beleza vai te ajudar a decidir isso.

SOCIEDADE É COISA SÉRIA

A sociedade, como muitos dizem, funciona exatamente como um casamento. Para alguns, é apenas um parceiro com o qual você divide despesas e lucro, mas sociedades vão muito além disso. É uma relação de complementaridade simultânea, onde cada um deve agregar ao negócio com o que possui de melhor, devendo ser aquele que completa seu negócio onde você mesmo percebe que está seu calcanhar de Aquiles.

QUAIS OS REQUISITOS QUE UM SÓCIO DEVE TER?

– Espírito empreendedor;

– Ser uma fonte de recurso financeiro;

– Possuir conhecimento técnico/de mercado que seja fundamental para o salão;

– Contribuir com ideias;

– Dividir responsabilidades etc.

Como você pode ver, esses requisitos podem ser supridos através de outras fontes, como instituições de crédito, consultores e assistentes, mas tudo se trata de uma escolha e uma boa análise. Alguns especialistas não recomendam fazer sociedade justamente pelas dores de cabeça que esse tipo de parceria pode trazer e pela existência de alternativas às lacunas que um sócio pode preencher.

É NECESSÁRIO FAZER UM CONTRATO?

Definitivamente. Mesmo que você escolha seu melhor amigo de infância para fazer sociedade, temos aquele velho ditado: amigos, amigos, negócios à parte. Quando o que está em jogo é dinheiro, é essencial ter a segurança de um contrato convencionado entre ambas as partes para garantir direitos e deveres, percentuais a serem divididos e demais aspectos da operação do negócio dentro da sociedade, inclusive o término dela, tudo com o acompanhamento de um advogado . Fique atento.

AFINAL, VALE A PENA?

Quem deve avaliar isso é você. Uma sociedade deve ser um laço feito para atingir metas, para ter um objetivo em comum e somar ao salão, com um pré-estabelecimento  de tudo o que diz respeito ao negócio e a parceria verificado legalmente, com suporte jurídico, muita paciência. Como dissemos, sociedades funcionam como  casamentos, então também é necessário aprender a ceder, a ouvir a opinião do outro e saber conciliá-la com a sua, mesmo que você acredite  ter uma noção muito melhor do seu negócio. Uma sociedade só vale a pena se ela é uma soma de conhecimentos e habilidades que se transformam em resultados.

Fonte

Esta matéria foi retirada do http://www.gestoressaloesdebeleza.com.br