belleguiadebeleza

Os fungos das unhas dos pés e dos pés são muito comuns e podem ser causados ​​pelo mesmo organismo. No entanto, eles não tem a mesma condição e são tratados de maneira diferente. iStock

Unha ou pé com fungo, ambas são condições comuns. Aqui você vai encontrar o que precisa saber para tratar essa infecção fúngica.

Por Marie Suszynski

Os fungos adoram lugares escuros e úmidos, de modo que seus pés ficam especialmente vulneráveis ​​a infecções por fungos, diz Rebecca Sundling, que atua em medicina podológica, é e porta-voz da Associação Americana de Medicina Podiátrica e podóloga no Northwood Foot and Ankle Center, na Holanda, Michigan. Os fungos são muito comuns, tanto nas unhas dos pés quanto nos pés e podem ser causados ​​pelo mesmo organismo. No entanto, eles não tem a mesma condição e são tratados de maneira diferente, explica ela. Continue lendo para saber como identificar fungos nas unhas dos pés e nos pés e como prevenir e tratar os dois.

FUNGO NAS UNHA: CAUSAS E FATORES DE RISCO

É uma infecção fúngica. Isso acontece quando um fungo, geralmente de mofo ou levedura, entra no leito ungueal por um corte ou quebra, ou ainda, um trauma repetitivo na unha. A unha então continua a crescer com o fungo. Uma vez que uma placa de unha é infectada com fungo a nova unha raramente crescerá saudável sem tratamento, diz Sundling.

O fungo das unhas dos pés é muito comum – e é mais comum ainda quando vamos ficando mais velhos, acrescenta Sundling. Usar sapatos muito pequenos pode danificar a unha e torná-la mais vulnerável a fungos, assim como ter uma infecção por fungos no pé (conhecida como pé de atleta) e não tratá-la, pode também expor as unhas do pé ao fungo. Neste caso, você poderá estar mais em risco de unir os fungos se tiver diabetes ou um sistema imunológico mais fraco.

Sinais e sintomas de fungo nas unhas

Quando você tem um fungo nas unhas dos pés, a unha tende a ficar mais espessa, descolorida – amarela, marrom ou branca escura – e quebradiça, diz Sundling. Nem sempre causa dor, mas pode acontecer à medida que a unha fica grossa e é empurrada para dentro da pele, acrescenta ela.

Suas opções para o tratamento de fungos nas unhas dos pés

Se você acha que sua unha pode estar com fungo, procure um podólogo ou dermatologista, eles poderão enviar uma amostra ou um pedaço de sua unha para um laboratório. Diferentes tipos de fungos são tratados de maneiras um pouco diferentes, por isso é importante saber qual o tipo que você possui, diz Sundling.

Além disso, às vezes a raiz do problema não é um fungo, mas outra condição ou algum tipo de trauma no leito ungueal – por exemplo, se você deixar cair alguma coisa no dedo do pé. Não existe tratamento para trauma nas unhas dos pés, mas a remoção da unha pode ser uma opção se a unha estiver muito dolorida.

Opções de tratamento:

Aparar a unha

Idas periódicas ao podólogo pode ser uma boa alternativa, na maioria das vezes, a unha fica tão grossa que você não pode cortá-la sozinha.

Medicamentos

Medicamentos tópicos com receita médica são usados ​​da mesma maneira que você usaria esmalte, durante o período determinado pelo médico. Uma ressalva: se você gosta de pintar as unhas dos pés com esmalte comum, não poderá fazê-lo no tempo todo em que estiver usando medicamentos.

Medicamentos orais, em média a indicação do uso é para três meses e geralmente tem até 70% de eficácia, diz Sundling. Mas atenção aos efeitos colaterais no fígado se caso você já tenha tido doença hepática ou está tomando outro medicamento que é processado pelo fígado, como medicamentos para o colesterol.

Remoção de unhas

Às vezes, remover completamente a unha é vista como uma opção de tratamento, diz Sundling. Há duas maneiras de fazer isso: permanentemente, para que nunca volte a crescer (e você não terá mais uma unha), ou pode deixá-la crescer novamente. Às vezes, volta a crescer como uma unha saudável, mas, infelizmente também pode voltar a crescer com o fungo.

Remédios caseiros

Há pessoas que juram que funciona aplicar Vicks Vaporub ou óleo de orégano diariamente nas unhas dos pés, diz Sunding. No entanto, esses remédios caseiros nunca foram comprovados por pesquisas.

Lasers

Existem tratamentos a laser para os fungos das unhas e dos pés, mas esse tratamento pode ser muito caro. Além disso, mais pesquisas são necessárias para saber se os lasers podem fornecer tratamento seguro e eficaz para a maioria das pessoas.

Ignorando

Caso não quiser tratar o fungo das unhas dos pés, na maioria dos casos isso não afetará sua saúde, pois é principalmente uma questão estética, diz Sundling (embora em alguns casos possa ser doloroso).

FUNGO NO PÉ: CAUSAS E FATORES DE RISCO

Um fungo no pé é uma infecção fúngica da pele, mais conhecida como pé de atleta, diz Sundling. O fungo entra através de rachaduras na pele. É conhecido como pé de atleta porque os atletas ou qualquer pessoa que seja mais ativa e sue muito corre mais risco. As crianças também correm mais riscos, porque não costumam usar sapatos diferentes, e trocar de sapatos é uma maneira de evitar os fungos nos pés.

O fungo no pé é muito comum. Isso não significa que alguém esteja sujo ou não tomou banho e, se você tem um sistema imunológico comprometido, pode ser mais suscetível, diz Sundling.

Sinais e sintomas de fungos nos pés

A coceira na pele é um sinal precoce de fungo nos pés e os outros sintomas são descamação e pequenas bolhas no local. É comum também ter uma infecção fúngica entre os dedos dos pés, ela acrescenta.

Como prevenir o fungo dos pés e das unhas

Embora os fungos das unhas dos pés e dos pés não tenham a mesma condição, as dicas a seguir podem ajudar a evitar os dois, diz Sundling:

      • Pratique uma boa higiene, como manter os pés limpos.
      • Alterne seus sapatos durante a semana. Seus pés suam o dia inteiro. Alternar seus sapatos permite que eles sequem, para que o fungo não possa sobreviver.
      • Use meias que absorvem a umidade que ajudam a secar os sapatos e matar fungos. Você pode encontrá-los em lojas de corrida e esportivas. Se suas meias estiverem excepcionalmente suadas, alterá-las mais de uma vez por dia pode ajudar.
      • Use sapatos em locais públicos, como vestiários, piscinas e academias para limitar a exposição a fungos.
      • Mantenha-se saudável para ter um bom sistema imunológico e combater infecções por fungos.
      • Use sapatos que se encaixam bem – a maioria das pessoas usa sapatos muito apertados e não percebem isso.
      • Use sprays ou talcos que ajudam a secar os sapatos e matar fungos.
      • Mantenha a pele seca e não se esqueça de secar entre os dedos após o banho. Muitas pessoas não secam entre os dedos, então a pele fica molhada, o que pode levar à infecção.

Opções para o tratamento de fungos nos pés

Para tratar o fungo do pé, você tem as seguintes opções de venda livre e prescrição:

Use um creme antifúngico

Para a maioria das pessoas o fungo deverá desaparecer facilmente apenas com o uso dos cremes específicos para o tratamento, e livres de receita médica. Mas, se você tem um caso muito grave, como fungos que não desaparecem e só aumentam, consulte um especialista, ele poderá te receitar um creme com princípios ativos mais fortes, evitando que o fungo se espalhe para outras partes do seu corpo.

Medicação oral

Os médicos geralmente não prescrevem medicação oral para uma infecção fúngica da pele, a menos que seja um caso realmente grave, explica Sundling.

Resumo

Embora o fungo para os pés seja bastante fácil de tratar, o fungo das unhas dos pés é incrivelmente difícil de eliminar e, em alguns casos, nunca desaparece, diz Sundling, observando que mesmo o melhor remédio oral tem apenas 70% de eficácia. No entanto, se você é paciente e faz o tratamento certo, pode obter resultados positivos. Além disso, manter os pés secos e alternar os sapatos ajudará a evitar uma unha ou fungo nos pés.

Fonte:https://www.everydayhealth

Reportagem adicional de Jennifer D’Angelo Friedman.

Tradução e adaptação: Raquel Leão